Moqueca e pirão

Eu sempre digo: não é porque viramos vegana que vamos deixar de comer aqueles pratos que são caros à nossa memória afetiva.

A moqueca, para mim, é um deles. Não que eu tenha crescido comendo moqueca, mas esse foi um prato que conquistou meu estômago quando trabalhei no Pará, já adulta.

E foi no Pará também que comi uma moqueca vegana em 2018 que me fez chorar de emoção. Servida com pirão e arroz, com a banana bem grelhada e não apenas cozida, o que faz toda diferença no resultado final.

Nessa receita, te ensino a marinar, grelhar e cozinhar a banana na moqueca para você comer chorando também, hehe. A junção dessas três técnicas resultará na moqueca perfeita e só tem um jeito de você saber que estou falando a verdade: fazendo! Hehe.

Não se assuste com o tamanho da receita, ela é muito mais simples do que parece!

Ah, para acrescentar proteína nessa memória afetiva, fiz um pirão a base de feijão fradinho - ficou surpreendetemente delicioso. É um prato que faço bastante para receber amigas e família, nunca ninguém identificou a presença do feijão no meu pirão hehe, se você fizer, depois me conta se alguém foi capaz de perceber!

Vamos às receitas?




MOQUECA DE BANANA DA TERRA MARINADA


Para 2 pessoas


INGREDIENTES


1 banana da terra.

¼ xícara de sumo de limão.

1 colher de chá de dendê (óleo de palma).

¼ xícara de cebola fatiada em tirinhas.

¼ xícara de pimentão cortado em cubinhos (se for um pouquinho de cada cor, fica mais bonito!).

½ pimenta dedo de moça fresca (piri piri)*.

12 folhas de coentro.

Pimenta do reino a gosto.

Sal a gosto.


INGREDIENTES para o CALDO da MOQUECA


½ xícara de pimentão cortado em cubos (vermelho e/ou amarelo)

½ xícara de cebola cortada em cubos.

2 dentes de alho, sem o miolo, cortados em cubos.

100 ml de água.

150 ml de leite de coco.

1 colher de chá de dendê.

1 colher de café de goma xantana (opcional, é um espessante que ajuda a engrossar o caldo).

Sal a gosto.


PREPARO

  1. Corte a banana ao meio e, em seguida, divida cada metade em 3 “filés” de banana, cortando no sentido longitudinal.

  2. Acrescente em um recipiente a banana, o sumo de limão, sal e pimenta do reino. Deixe marinar por pelo menos 20 minutos (máximo 1 hora).

  3. Enquanto isso, prepare o caldo, refogando a cebola e o pimentão no azeite de dendê. Refogue por 2 minutos e então acrescente o alho cortadinho.

  4. Refogue por mais 1 min, acrescente a água, misture e deixe cozinhar por 2 minutos em fogo médio.

  5. Acrescente o leite de coco, misture bem e desligue o fogo.

  6. Processe o caldo no liquidificador ou com um mixer (varinha mágica) de mão.

  7. Acrescente a goma xantana e processe por mais alguns segundos, até ficar espesso. Reserve o caldo.

  8. De volta à banana! Separe as bananas da marinada. Você pode guardar a marinada para fazer molhos de salada.

  9. Aqueça uma panela de boca larga com um fio de azeite e, quando estiver bem quente, acrescente os “filés” de banana, lado a lado. Deixe caramelizar de um lado (até ficar bem douradinho), vire o lado e aguarde a caramelização acontecer. Retire os “filés” de banana da panela e reserve em um prato.

  10. Na mesma panela, acrescente o azeite de dendê e refogue metade da quantidade de cebola e de pimentão.

  11. Acrescente os filés de banana e regue com metade do caldo.

  12. Acrescente a outra metade da cebola e do pimentão e a pimenta dedo-de-moça e cubra com o caldo.

  13. Tampe a panela e deixe cozinhar em fogo baixo por 5 min. Desligue, acrescente o coentro, tampe a panela novamente e aguarde mais 5 minutos para servir.



PIRÃO DE FEIJÃO FRADINHO E CASTANHA DO PARÁ


INGREDIENTES


½ cebola cortada em cubos rústicos.

2 dentes de alho cortados em cubos.

1 xícara de feijão fradinho cozido (sem o caldo).

¼ xícara de castanha do pará picada.

½ xícara de água.

1 tomate cortado em cubos rústicos.

2 colheres de chá de gengibre ralado.

1 xícara de farinha de mandioca.

1 colher de sopa de azeite.

1 colher de chá de sal.


PREPARO


  1. Refogue a cebola, o gengibre e o alho com azeite e sal até começar a dourar.

  2. Acrescente o tomate e refogue por mais 2 min. Reserve.

  3. Bata a castanha de pará e a água no liquidificador até a castanha se desfazer completamente. Acrescente o refogado e bata até obter um creme homogêneo.

  4. Acrescente o feijão fradinho aos poucos no liquidificador e bata até obter um creme homogêneo.

  5. Transfira para uma panela pequena e acrescente a farinha de mandioca aos poucos, misturando sempre para incorporar bem.

  6. Cozinhe em fogo baixo, mexendo sempre, até começar a borbulhar.

  7. Sirva com a moqueca :)


Um beijo e até a próxima,


Luisa

102 visualizações

Posts recentes

Faça parte do canal da jornada 333 no Telegram

Quer dicas e receitas diárias?

  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram
  • Facebook Luisa Mafei

©2019 by Luisa Mafei Cozinha Afetiva