Pão de (não) queijo: 4 receitas e dicas para você criar a sua!

Ele é um dos meus queridinhos, e se você nunca fez, dá uma chance que garanto: vai virar um dos seus queridinhos também! Quem já fez não me deixa mentir :)

Vou organizar nesse post todas as receitas que já publiquei no Instagram de #paodenaoqueijolm e para completar vou dar dicas de conservação e dicas para você também criar sua versão desses pãezinhos. Vamos lá?


#1 PÃO DE (não) QUEIJO - o original.


Pão de (não) queijo original, feito com mandioquinha e manjericão

INGREDIENTES

1 xícara de batata, batata doce, mandioca ou mandioquinha cozida e bem amassadinha (tipo purê).

1 xícara de polvilho azedo.

½ xícara de polvilho doce.

¼ de xícara de azeite.

¼ de xícara ou menos de água, se necessário (veja em preparo).

Sal a gosto (recomendo 1 colher de chá de sal marinho).

Opcionais que fazem toda diferença:

1 colher de chá de orégano seco.

2 colheres de sopa de ervas frescas picadinhas a gosto (amo com manjericão!).




PREPARO

Pré-aqueça o forno a 200 ºC e unte uma assadeira com um pouco de azeite. Comece misturando o purê do tubérculo escolhido (batata, batata doce, mandioca ou mandioquinha) com os dois tipos de polvilho e com o azeite, sal e temperos. Se a massa ficar muito seca, acrescente água aos poucos, até dar o ponto de uma massinha de modelar, que não grude nos dedos. Faça bolinhas pequenas, leve para a forma untada e asse por 25 a 30 minutos, ou até os pãezinhos crescerem e ficarem levemente dourados.


#2 PÃO DE (não) QUEIJO ROXO

Pão de (não) queijo roxo

INGREDIENTES

1 xícara de batata doce roxa cozida e bem amassadinha (tipo purê).

1 xícara de polvilho azedo.

½ xícara de polvilho doce.

¼ de xícara de azeite.

¼ de xícara ou menos de água, se necessário (veja em preparo).

Sal a gosto (recomendo 1 colher de chá de sal marinho).

Opcionais que fazem toda diferença:

2 colheres de sopa de ervinhas frescas a gosto (aqui um tomilho vai muiiito bem).

1 colher de chá de orégano seco.


PREPARO

Pré-aqueça o forno a 200 ºC e unte uma assadeira com um pouco de azeite. Comece misturando o purê de batata doce com os dois tipos de polvilho e com o azeite, sal e temperos. Se a massa ficar muito seca, acrescente água aos poucos, até dar o ponto de uma massinha de modelar, que não grude nos dedos. Faça bolinhas pequenas, leve para a forma e asse por 25 a 30 minutos, ou até os pãezinhos crescerem e ficarem levemente dourados.


#3 PÃO DE (não) QUEIJO PROTÉICO


Pão de (não) queijo protéico

INGREDIENTES

1 xícara de batata, batata doce, mandioca ou mandioquinha cozida e bem amassadinha (tipo purê).

1 ½ xícara de polvilho azedo.

1 xícara de polvilho doce.

½ xícara de tofu.

½ xícara de azeite extra-virgem.

2 colheres de sopa de linhaça.

1 colher de chá de manjericão seco.

1 colher de chá de levedura nutricional (opcional).

1 colher de chá de sal marinho.

1 colher de chá de cúrcuma em pó.

PREPARO

Pré-aqueça o forno a 180 ºC. Desfaça o bloco de tofu com as mãos, amassando bem para não ficar nenhum pedacinho. Em seguida acrescente o purê do tubérculo escolhido, o azeite, tempero e misture bem, com a ajuda de uma colher tipo pão-duro. Acrescente o polvilho azedo, o polvilho doce e siga misturando até chegar no ponto em que consiga mexer na massa com as mãos. Acrescente um pouco de água caso seja necessário para dar o ponto de massinha de modelar. Faça bolinhas pequenas, leve para a forma e asse por aproximadamente 35 minutos, ou até os pãezinhos crescerem e ficarem levemente dourados.


#4 PÃO de (não) QUEIJO VERDE e AMARELO


Pão de (não) queijo verde e amarelo

INGREDIENTES

1 xícara de batata cozida e bem amassadinha (tipo purê).

1 1/2 xícara de polvilho azedo.

3/4 xícara de polvilho doce.

1/4 xícara de azeite.

¼ de xícara ou menos de água, se necessário (veja em preparo).

1 colher de chá de sal marinho.

1 colher de sobremesa (rasa) de cúrcuma em pó.

1 xícara de folhas de espinafre cru.


PREPARO

Pré-aqueça o forno a 200 ºC e unte uma assadeira com um pouco de azeite. Comece misturando o purê de batata doce com os dois tipos de polvilho e com o azeite, sal e temperos. Se a massa ficar muito seca, acrescente água aos poucos, até dar o ponto de uma massinha de modelar, que não grude nos dedos.

Separe a massa em duas bolas iguais. Corte o espinafre bem picadinho e acrescente ele à uma das metades da massa, misturando bem com as mãos. Acrescente a cúrcuma em pó à outra metade da massa e misture bem. Faça as bolinhas primeiro com a massa verde, depois com a amarela, afinal a cúrcuma tinge as mãos, hehe. Faça bolinhas pequenas, leve para a forma e asse por 25 a 30 minutos, ou até os pãezinhos crescerem e os amarelinhos ficarem levemente dourados.


DICAS DE CONSERVAÇÃO


Para quê comer uma vez só se você pode botar na mesa sempre uma gostosura dessas? Feitas as bolinhas, você pode assar ou congelar. Normalmente, eu faço logo duas receitas, asso uma e congelo a outra 😁. Para congelar é importante que as bolinhas estejam bem separadas, senão elas vão grudar umas com as outras no freezer. Depois de congeladas, você pode colocar em um saco para ocupar menos espaço no freezer 😉.

Já me perguntaram se pode deixar a massa na geladeira para assar no dia seguinte, eu mesma já fiz isso, mas acho que perde um pouco da textura. Então quando eu não asso no dia, congelo para assar depois.


Pãezinhos prontinhos para assar.... ou para congelar!

DICAS PARA VOCÊ CRIAR SEU PRÓPRIO PÃO de (não) QUEIJO

O segredo de qualquer pão de queijo é o equilíbrio entre o polvilho doce e o azedo. Aliás, esse pão tá mais para pão de polvilho, mesmo a versão original leva muiiiito mais polvilhos do que queijo!

Enquanto o polvilho azedo dá a elasticidade que lembra o queijo, o polvilho doce deixa a massa fofinha 🥰. Geralmente, eu trabalho na proporção 1/2 xícara de polvilho doce para 1 xícara de polvilho azedo para 1 xícara de purê do tubérculo que eu escolher. Para o purê, é importante que o tubérculo esteja bem cozido mesmo, a ponto de desmanchar, para você conseguir amassar com o garfo e transformar num purêzinho liso que não leva nada além da batata, batata doce, mandioquinha ou mandioca. Ah, dá para misturar os tubérculos também e reaproveitar o que você já tem cozido na geladeira! De resto, é azeite, água, sal e os temperinhos que você pode acrescentar para dar seu toque especial. O importante é a massa chegar no ponto da massinha de modelar, ou seja, ela não pode estar pegajosa nos dedos.

Um bom jeito de criar novas versões é fazer a receita básica (receita #1) e não colocar cúrcuma. Divida a massa em duas partes, ou em quatro e ouse para na criação de pãezinhos diferentes. Depois me conta qual ficou melhor!


Um bom jeito de criar pãezinhos diferentes é fazer a receita #1 sem a cúrcuma, dividir a massa em 2 ou 4 e ir acrescentando temperinhos!

#luisamafeicozinha #cozinhafetiva #cozpaodenaoqueijolm #comidadeverdade #comidasaudavel #vegan #govegan #receitavegana

0 visualização

Posts recentes

Faça parte do canal da jornada 333 no Telegram

Quer dicas e receitas diárias?

  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram
  • Facebook Luisa Mafei

©2019 by Luisa Mafei Cozinha Afetiva