Tempo de fermentar: Rejuvelac!


Eis que a quarentena nos colocou dentro de casa e, longe de mim querer romantizar esses dias, fato é que agora estamos ficando mais tempo na cozinha.

Eu sempre quis me jogar no fantástico mundo da fermentação, mas confesso que ficava com preguiça de fazer algo que demora dias e dias para ficar pronto.

Dentro dessa nova rotina em que por vezes os dias demoram a passar e parece que nada acontece, fiquei com vontade de ver algo se transformar ali, diante dos meus olhos, dentro da minha casa.



REJUVELAC: bom para a saúde e para fazer iogurte :)


Um dos meus fermentados favoritos é o iogurte, por isso decidi começar por ele.

E para fazer o iogurte, decidi fazer um rejuvelac, ou "água enzimática".

O rejuvelac é uma bebida probiótica preparada a partir de grãos integrais. Pode ser feita com trigo, painço, centeio, alpiste, eu fiz com quinoa. O importante é que o grão seja integral, caso contrário, ele não germinará, o que é fundamental para nossa água!

Antes de contar como eu fiz o meu rejuvelac, quero dizer que foi muito mais fácil do que parece ser. Ele me ensinou um negócio: tempo é diferente de trabalho! Ele leva tempo, mas não dá trabalho nenhum, e só nos traz benefícios.

E que benefícios são esses?

O rejuvelac é um probiótico, ou seja, é feito de microrganismos vivos do bem! O equilíbrio entre as bactérias "boas" e "más" que habitam o nosso intestino é fundamental para o bom funcionamento da nossa flora intestinal.

Para além disso nos ajudar a ir ao banheiro todos os dias, o que já é OURO, nossos pensamentos e emoções ficam também mais equilibrados.

Nosso intestino é nosso segundo cérebro e possui um sistema nervoso próprio. Cerca de 80 a 90% da nossa serotonina encontra-se no trato intestinal, ou seja, se as bactérias vão mal, nosso humor também vai não vai bem.

Além disso, uma boa saúde intestinal reflete em toda a nossa saúde, fortalecendo, inclusive, o nosso sistema imunológico e isso porque 70% das nossas células imunológicas vivem... lá mesmo, no nosso intestino.

Mesmo que você não utilize o rejuvelac para fermentar alimentos, você pode consumi-lo diariamente para deixar suas bactérias felizes, que tal?

Pronto, agora vou compartilhar com você como fiz, precisava dar essa contextualizada porque né, não é todo dia que a gente decide que vai fermentar quinoa haha.


COMO preparar o REJUVELAC


INGREDIENTES


1/2 xícara de quinoa em grãos (ou outro grão integral: trigo, arroz, alpiste, painço).

3 xícaras de água.

E só!


UTENSÍLIO


1 pote de vidro de 500 ml a 700 ml, com tampa. Se o seu pote for menor do que isso, adeque as proporções.

É importante esterilizar o pote de vidro, fervendo o pote em água por dez minutos ou levando para o forno a 180ºC durante dez minutos. Não vou indicar alcool para esterilizar porque estamos em contenção, vamos nos ater a esses métodos :)


PREPARO


O primeiro passo é germinar a sua quinoa a ponto de uma fina "grama" começar a brotar do grão. Para isso, deixe a quinoa de molho com a água no pote da noite para o dia, fechando levemente a tampa.

De manhã, descarte a água e lave os grãos da quinoa em uma peneira. Volte para o pote e feche com a tampa, sem acrescentar água. Espere até que germine, isso vai levar de 8 a 24 h de acordo com a temperatura da sua casa.

Ao longo desse tempo, tire a quinoa da jarra e lave os grãos em uma peneira, pelo menos duas vezes.

Quando a quinoa germinar, complete a jarra com água (3 xícaras), feche e armazene em um lugar que não bata sol. A fermentação deve ocorrer por no mínimo 24h e no máximo 72h e você saberá quando estiver bom pelo aspecto (a água vai ficar turva e com um pouco de gás, você vai ver bolhinhas) e pelo gosto (um gostinho que lembra queijo e é levemente picante).


OBS: depois da primeira fermentação, você pode repetir o processo e fazer um segundo rejuvelac (mesmo processo) e ainda um terceiro rejuvelac! Após a terceira fermentação, é necessário recomeçar o processo, com uma nova quinoa ou com o cereal escolhido. OBS 2: O que fazer com o cereal germinado depois da fermentação do rejuvelac?

O cereal germinado pode ser consumido cru.

Cereais germinados tem um monte de nutrientes "despertados" pela fermentação, aproveitem!

Fiz aqui em casa um tabule, de quinoa germinada, com pepino, tomate, hortelã, azeite, limão e sal, ficou ótimo, vocês podem fazer o mesmo com quinoa, painço ou trigo sarraceno germinado.

Outra possibilidade de consumir, muito simples, é jogando por cima de frutas, com melado e frutas secas picadinhas.






Sei que tem gente que já começou a fazer o rejuvelac só de ver meus stories no instagram, como está indo a aventura de vocês?

Quem fizer, me conta!


1,685 visualizações

Posts recentes

Faça parte do canal da jornada 333 no Telegram

Quer dicas e receitas diárias?

  • YouTube
  • Pinterest
  • Instagram
  • Facebook Luisa Mafei

©2019 by Luisa Mafei Cozinha Afetiva